Miss Dior Eau de Parfum - versão descontinuada - MI SCHAEFER

Miss Dior Eau de Parfum - versão descontinuada

Publicado em quinta-feira, 18 de junho de 2020

Quem me conhece, sabe que sou a aloka do perfume. Já fiz coleção, comprei miniaturas e tudo mais e claro que ia aproveitar a chance da minha viagem a Paris e trazer mais um, porém acabei o encontrando mesmo em Lisboa, no free shop do Aeroporto.

Eu sai daqui desejando muito o Black Orchid da Tom Ford e ainda tinha anotado o Coco Mademoiselle da Chanel, o Si da Giorgio Armani e claro, o Miss Dior. No free shop, somente o da Tom Ford não tinha e lá estava eu com três dúvidas: esperar para comprar na Sephora em Paris o da Tom Ford (ainda bem que não o fiz, já que lá não o encontrei) ou comprar no free shop um dos três que também estavam na lista e qual dos três escolher. Por fim, o Miss Dior acabou se consagrando o vencedor pelo preço imbatível que a loja o estava vendendo: 67€ (R$261,30) a versão Eau de Parfum 100 ml. O mesmo na Sephora em Paris custava 122€ (R$475,80).



O Miss Dior é uma das fragrâncias mais famosas da perfumaria mundial. Sua primeira versão data de 1947, fazia parte da família Chipre Floral e possuía notas de Aldeídos, Gardênia, Gálbano, Sálvia Esclaréia, Bergamota, Cravo, Íris, Raíz de Orris, Jasmin, Néroli, Lírio-do-vale, Rosa, Narciso, Ládano, Couro, Sândalo, Âmbar, Patchouli, Musgo de Carvalho e Vetiver.

Em 2005, ele foi reformulado, passando a se chamar Miss Dior Cherie e a fazer parte da família Chipre Frutado, possuindo como notas Tangerina, Abacaxi, Cereja, Morango, Jasmin, Rosa, Violeta, Caramelo, Pipoca, Almíscar, Patchouli e Âmbar. Dizem que essa versão era muito parecida com o Coco Mademoiselle da Chanel (lançado em 2001), quase uma cópia e que, por isso, em 2011 a Dior resolveu relançar mais uma vez o perfume, voltando ao nome de Miss Dior e a família Chipre Floral, porém dessa vez com muito menos notas que a sua primeira versão: Tangerina italiana, Jasmim egípcio, Rosa, Patchouli e Almíscar.

A embalagem é de vidro pesado e com base grossa, possuindo relevo que lembra a estampa Pied de Poule. Já a tampa é feita de material que lembra plástico e possui um laço prateado como ornamento. A fragrância é leve para o dia, porém sofisticada o suficiente para a noite. A fixação é forte, fixando muito, necessitando de pouca quantidade no uso (ainda bem, já que é um perfume caro). O único ponto negativo que eu tenho é em relação a tampa. Ela se prende MUITO ao borrifador, precisando uma força acima do normal para conseguir tirá-la!

Não é mais possível encontrá-lo à venda, já que a Dior reformulou o Miss Dior, trazendo uma fragrância mais floral, com nuances de rosas. Essa nova versão acho muito parecida com o Miss Dior Blooming Bouquet. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário